sábado, junho 30, 2007

RÉ-trovisor...

Quando eu falo que Porto Alegre é um ovo, um cu, uma vila, tem gente que fica brabo.
Resolvi ir no Bourboun, da Ipiranga, comprar um recarregador de pilhas que estava baratinho.
Lá vai eu procurar uma vaga para estacionar quando um corsa que estava indo na minha frente resolve dar ré e ... BINGO, bate no Kazinho guerreiro. Eu tentei dar ré nos 3 segundos que me restaram entre o Corsa vir e eu olhar pro retrovisor para ver se eu não ia bater em ninguém, mas não deu.
Sai do carro soltando todos os palavrões que eu conheço, mandei a mulher (alguém duvidava que era mulher dirigindo???) tomar no cu, chamei de louca, barbeira, que ia me pegar tudo. Quando fui olhar pro rosto dela, que só chorava e dizia desculpa moço, eis que reconheço a guria. Ela é parente de duas grandes amigas minhas.
Depois de vermos os estragos, dela me pedir desculpa pela manobra e eu pelos adjetivos nada legais que falei, tudo se resolveu.
Se o carro ainda fosse meu, não iria me irritar muito com o conserto, mas como é da minha mãe agora... eu realmente espero que ela pague, caso contrário - além de sair do meu bolso - não terei mais um minuto de folga.

1 Comentários:

Anonymous Fernanda Souza disse...

Só podia ser mulher mesmo hehe
Quase me aconteceu isso no Praia de Belas, mas finquei a mão na buzina e o sujeito se tocou!

Eu teno uma tática, sempre mantenho a distância, me cuido nas lombas, porque nunca sei "que fernandinha está no carro da frente" hehehe

6:08 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial