sábado, setembro 02, 2006

Ola...

Saudades da epoca que eu acessava isso todos os dias. Mas agora tendo que pagar cyber cafe para escrever fica dificil, ainda mais pagando uma libra por hora.

Mas entrei hoje soh para dizer para quem ainda le isso, que estou vivendo um caso de amor e odio com essa cidade. Londres para mim a cada dia representa uma coisa, na sua maioria coisas ruins. Cada dia acordo com uma vontade incrivel de ir embora para Porto Alegre ou ir para Sao Paulo.... qualquer lugar longe daqui. Em dois meses aqui, ainda nao me apaixonei pela cidade. Fora o deslumbre dos primeiros dias, o resto eh lixo para mim. A unica coisa que sempre agradeco aqui eh a seguranca. O resto, poderia mandar a merda.

Mas as vezes, tudo volta a ser incrivel. Trabalho 9 horas por dia em um bar muito legal chamado All Bar One e temos uma equipe muito divertida: Paula (Argentina), Yuri (Italia), Andrey (Bulgaria), Nick (Dinamarca), Dorte (Dinamarca), Raul (Espanha), os managers Fran (Alemanha), Steve (Bulgaria), Sylvia (Espanha) e Casha (Polonia), os caras da cozinha o cheff Frank (algum lugar da Africa), os assistentes Chucho (Bolivia) e o outro sei-la-o-nome-pois-nao-entendo-o-que-ele-fala (de Gana).

Voces podem imaginar quando todos resolvem conversar ao mesmo tempo? Sim, eh uma salada de fruta, sotaques mil e quando todos ficam brabos, cada um comeca a falar na sua lingua e ninguem se entende. Durante todo o expediente eu realmente curto morar aqui, apesar de querer me matar quando penso que estudei e trabalhei onde trabalhei para limpar mesa de bebado a cada fim de noite, demorar 2 horas para voltar para minha casa (meu quartinho, alias), pegando 2 onibus a meia noite todos os dias....

As vezes passo o dia todo chorando pelos cantos me perguntando: Deus, o que fiz da minha vida?

Mas tem dias que a coisa estah legal... tirando a saudade que eh destruidora e a eterna sensacao de ser turista aqui.

As vezes quero voltar, mudar de cidade, ir para a lua. As vezes quero ficar aqui para sempre. Mas sempre quero minha familia e minha casa antes de mais nada.

Descobri um monte de coisas sobre mim mesmo aqui... nem eu me entendo.

Mas quer saber? nao to a fim de escrever mais, pois meu dedo estah com curativo, pois um embecil ingles colocou um caco de vidro enorrrrmeeeeee entre 3 carteiras de cigarros vazias na mesa, bem escondido, de proposito. E o Adriano aqui, louco para ir embora, esmagou as carteiras e tirou um naco do dedo.

Fui

5 Comentários:

Blogger uma simples menininha disse...

amigo amado, coragem, coragem, coragem por aí. coisa nova é bom, morremos TODOS de saudades mas isso aí é importante pra ti.
torço pra que cada vez mais tu te sinta feliz por aí.
te amo demais.

8:23 AM  
Blogger Matt disse...

Bom,
senti 4 sensações diferentes neste teu último post: vontade de morrer rindo pela equipe e os mil sotaques e palavrões em vários idiomas, saudades por causa da tua saudade, dor pelo caco de vidro no dedo (aliás, doeu no meu dedo até) e vontade de te dar unstapas, pois sabes que não é para voltar. Esta viagem é investimento. Mas enfim, mesa reservada já no Vassouras para início de fevereiro.
Bjs bixo!

8:16 AM  
Blogger Maitê disse...

Adri, não sei o que dizer para vc. Mas lembre-se que era seu sonho. Agora vc tá limpando mesas d ebar, mas daqui uns dias vc arruma algo melhor. Veja só, tem um conhecido meu q trabalha numa sauna. Muito pior. Fique bem e arrume algo que lhe dê ânimo... Bjos

7:12 PM  
Anonymous Viviane Velho disse...

Lindinho!! Fica assim não! Nunca fiquei fora de casa tanto tempo, mas tenho a sensação que me sentiria como tu estás te sentindo agora. Eu sei que se conselho fosse bom não se dava... mas lá vai um (metiiida!!). Na verdade é mais uma filosofia de vida a ser seguida.. Não fica olhando p/ trás nem pensando em tudo que tu não tem ao teu alcance agora... Mas olha em volta e vê as coisas boas, tenho certeza que tem mais coisas boas além dessas que descreveste. só o fato de estares vivendo essa experiência é o máximo. é uma coisa única na tua vida (aliás como todos os momentos na vida - todos únicos) Por isso curte ao máximo. e olha só, até o caco de vidro no dedo serve p/ tirar uma lição... Nem que seja a lição de não ter pressa p/ ir embora p/ "casa" e ter mais paciência... E não fica lamentando - se peguntando o que tu fizeste da tua vida... A tua vida ainda está sendo escrita - e tu é um ótimo escritor, sei que vais escrever coisas lindas, divertidas e maravilhosas na tua vida! E, como em uma boa estória não pode faltar um pouco de drama, vão ter coisas chatas e às vezes tristes... mas como diria o Bambam.. "faix parte"!!! Bom, em resumo! queria dizer que te amo e te admiro! E que torço muito por ti! Também queria te dar feliz aniversário atrasado querido! Em fevereiro estarei indo p/ aí, se tudo certo. Mas não vou querer ficar só em Londres... Quem sabe, se estiveres disponível, podemos dar umas "bandas" juntos pelos arredores! saudades... beijão!!!

2:58 AM  
Blogger Dani disse...

Adri,
tudo vai melhorar. Ficar longe de casa é meio difícil mesmo, mas uma viagem dessas é um acontecimento na vida de uma pessoa! Vc está vivendo tantas coisas novas, conhecendo tanta gente, absorvendo uma cultura diferente... isso tudo deve ser levado em consideração.
Paciência com as adversidades, pois elas sempre aparecerão, em qualquer lugar. E olhos e ouvidos bem abertos para captar tudo o que for importante, útil e diferente.
Viva cada dia e não se pergunte por que fez isso, ou aquilo. Enfrente o seu sonho de peito aberto, e aproveite tudo o que aparecer - o que for bom e o que não for, tendo em mente que tudo tem o seu valor.

Beijo grande!

10:54 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial