terça-feira, setembro 13, 2005

Essa vai longe....


Uns meses atrás eu escrevi que tinha ido na semi final da região sul do Fama e que tinha ficado impressionado com a performance de uma das candidatas. Pois é, a Shirle que na época matou a pau cantando Vaca Profana está na final do Fama. Estranho ver alguém que eu vi a poucos metros, concorrendo com outros tantos, agora numa final nacional da Rede Globo. Torço muito por ela e desde sábado já devo ter votado mais de 200 vezes nela, pelo site, é claro, para não vou enriquecer a Globo.
Quado escrevi sobre ela, comentei que ela tinha algo de Bethânia e de Elis. Eu disse isso com toda a minha ignorância musical, mas eis que o produtor Guto Graça Melo falou a mesma coisa nesse sábado. Pô, eu falei isso há 12 semanas atrás!!!!!
Mas a timidez dela pode ser um tiro contra. Concorrer com a Evelyn, cover da Sandra de Sá, carioca, negra, com um grande carisma e com o Fábio, baiano, negro, gago, romântico, cover dos mela cuecas e cheio de simpatia pode ser fatal.
O povo brasileiro tende a votar e escolher os mais parecidos consigo mesmo, pobre, nordestinho, negro, com algum diferencial (gago, gay, cego, cheio de filhos...) e não votar em quem realmente canta bem. Nesse caso do Fama, a final está um páreo duro, pois os 3 têm muito talento. Eu fico com a Shirle por ter passado por diferentes estilos durante os 9 programas. Mas mesmo que ela não seja a grande finalista, já é uma grande vencedora por ter chegado onde chegou defendendo músicas que não são de conhecimento da grande massa. Sem se aproveitar de Ivetes, Sandys, Jota Quests da vida, Shirle provou que músicas de qualidade são eternas.
Nesse país tão podre, nesse estado, que apesar de ser o melhor, está virado em violência, o que me tem dado alegria nos últimos dias é ver e ouvir a grande cantora Shirle Moraes. Um gauchinha cheia de atitude que tem um futuro enorme pela frente.
Que tal a Globo reeditar o Festival dos Festivais?

1 Comentários:

Blogger Renata disse...

Prestarei atenção na moça neste final de semana! Se tu diz, eu acredito.

11:39 AM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial